UNIVERSIDADES SÉNIORES: ACONTECIMENTOS, TRABALHOS, ETC.

03
Jul 15

LOGO USG.jpg

 

Estórias e Contos Tradicionais Portugueses

 

São João do Porto

s joao.jpg

São João do Porto é uma festa popular que tem lugar de 23 para 24 de Junho na cidade do Porto, em Portugal. Oficialmente, trata-se de uma festividade católica em que se celebra o nascimento de São João Batista, que se centra na missa e procissão de São João no dia 24 de Junho, mas a festa do S. João do Porto tem origem no solstício de Junho e inicialmente tratava-se de uma festa pagã. As pessoas festejavam a fertilidade, associada à alegria das colheitas e da abundância. Mais tarde, à semelhança do que sucedeu com o Entrudo, a Igreja cristianizou essa festa pagã e atribui-lhe o S. João como Padroeiro.

Trata-se de uma festa cheia de tradições, das quais se destacam os alhos-porros, usados para bater nas cabeças das pessoas que passam, os ramos de cidreira (e de limonete), usados pelas mulheres para pôr na cara dos homens que passam, e o lançamento de balões de ar quente. Tradicionalmente, o alho-porro era um símbolo fálico da fertilidade masculina e a erva-cidreira dos pelos púbicos femininos. A partir dos anos 70, foram introduzidos os martelos de plástico que desempenham o mesmo papel do alho-porro, tendo, curiosamente, também um aspeto fálico. Nos anos 70, nas Fontainhas, vendia-se ainda, na noite de S. João, pão com a forma de um falo com dois testículos, atestando muito claramente as conotações da festa com as antigas festas da fertilidade. Existem, ainda, os tradicionais saltos sobre as fogueiras espalhadas pela cidade, normalmente nos bairros mais tradicionais; os vasos de manjericos com versos populares são uma presença constante nesta grande festa e o tradicional fogo de artifício à meia-noite, junto ao Rio Douro e à ponte Dom Luís I que faz as delícias dos milhares de residentes e visitantes que chegam de todo o mundo para assistir. O fogo-de-artifício chega a durar mais de 15 minutos, estando ao nível dos melhores no mundo, e decorre no meio do rio em barcos especialmente preparados, sendo acompanhado por música num espetáculo multimédia muito belo e digno de se ver.

s joao 1.jpg

Além de tudo isto, existem vários arraiais populares por toda a cidade do Porto especialmente nos bairros das FontainhasMiragaiaMassarelos, entre outros, dando mais animação e brilho durante a noite. Nos arraiais, normalmente, existem concertos com diversos cantores populares acompanhados, quase sempre, por boa comida, em especial, o cabrito assado e mais recentemente grelhados de carnes e também sardinhas. A festa dura até às quatro ou cinco horas da madrugada, quando a maior parte das pessoas regressa a casa. Os mais resistentes, normalmente os mais jovens, percorrem toda a marginal desde a Ribeira até à Foz do Douro onde terminam a noite na praia, aguardando pelo nascer do sol.

Não se conhece com rigor quando teve início a festa do S. João do Porto. Sabe-se, pelos registos do Séc. XIV, já que Fernão Lopes, por essa altura se terá deslocado ao Porto para preparar uma visita do Rei, tendo chegado na véspera do S. João, deixou escrito na Crónica que era um dia em que se fazia no Porto uma grande festa, descrevendo-a e como era vivida pelas gentes do Porto.

É no entanto possível que essa festa fosse mais antiga, pois existia uma cantiga da época que dizia até os moiros da moirama festejam o S. João.

Era também no dia de S. João que a Câmara Municipal do Porto se reunia em Assembleia Magna, que corresponderia à atual Assembleia Municipal, reunião essa realizada no Claustro do Mosteiro de S. Domingos, pelo seu grande espaço, onde se procedia à eleição dos Vereadores e onde se tomavam as decisões mais importantes para a cidade.

 

Ditos, Ditados e Provérbios Portugueses

 

De pá virada

pa.jpg

Um sujeito da pá virada pode tanto ser um aventureiro corajoso como um vadio.

A origem da palavra é em relação ao instrumento, a pá.

Quando ela está virada para baixo, é inútil não serve para nada.

Hoje em dia, “pá virada” tem outro sentido.

Refere-se a uma pessoa de maus instintos e criadora de casos ou a um aventureiro.

 

Sugestão de Culinária

 

Bolo de São João

bolo.jpg

 

Ingredientes:

600gr Farinha;

180gr Frutas cristalizadas;

80gr Miolo de Noz;

80gr Manteiga amolecida;

3 Colheres sopa de açúcar;

2 Ovos;

60gr Amêndoas raladas na 1.2.3;

1dl Leite morno para dissolver o fermento padeiro (não usei);

1dl de Rum (usei Vinho do Porto);

25gr Fermento de padeiro (não usei porque a farinha já tinha fermento);

Ovo batido para pincelar (não usei);

Geleia para pincelar.

 

Preparação:

Colocar as frutas cristalizadas e os frutos secos numa tijela e regar com o Rum (ou vinho do Porto) e deixar repousar durante 20 minutos.

Deitar a farinha em cima do balcão e fazer uma cavidade ao meio. Dissolver o fermento no leite, juntar à farinha e adicionar, também, o açúcar, a manteiga amolecida e os ovos e misturar tudo muito bem com as mãos. Depois de trabalhar bem a massa, até esta se descolar do balcão, juntar a mistura das frutas com o rum e misturar muito bem. Fazer uma bola com a massa, colocar numa tijela polvilhada de farinha, cobrir com um pano por cima e deixar levedar por uma hora num sítio quente.

Passada essa hora, colocar novamente a massa no balcão polvilhado com farinha para a trabalhar mais um pouco.

Reservar um pouco da massa, moldar uma bola com a restante e colocar num tabuleiro untado com manteiga e farinha. Com a massa inicial moldar duas tiras que deverão ser colocadas por cima da bola que está no tabuleiro, em forma de cruz. Deixar novamente levedar por 50 minutos.

Pincelar com o ovo batido (não o fiz) e levar a cozer ao forno pré-aquecido a 180º por 40 minutos. Após a cozedura, retirar do forno, deixar arrefecer e pincelar com geleia a gosto.

Bom S. João!

manjerico.jpg

  

Poesia

 

 São João 

 

O São João é do Porto

deste Porto hospitaleiro

uma fonte de conforto

onde bebe o mundo inteiro.

 

S. João já foi a votos

e ganhou com maioria

o lema dos seus devotos

é reinar até ser dia.

 

Na noite de S. João

Ninguém consegue ser pobre!

Porque mesmo sem tostão

Baila sempre como o nobre...

 

As orvalhadas na rua

S. João sobre a cascata,

Lembram rendinhas que a Lua

Urdiu com flores de prata!

 

Meu S. João, não me caso.

Sou solteiro e estou contente...

É na mudança de vaso

Que o manjerico mais sente!...

 

Mais que santo da Igreja

É do Porto o S. João,

Cá todo o povo o festeja

Mouro, judeu ou cristão.

 

Sugestão de Fim de Semana / O que visitar na minha Cidade?

 

Concerto do Rui Veloso

rui veloso.jpg

Poderá não haver estrelas no céu durante os próximos dias. Mas vai haver muitas a brilhar nos Aliados durante os Concertos na Avenida, que se iniciam a 19 de junho e se prolongam até à maior e mais festiva noite do ano. E uma das maiores será seguramente Rui Veloso, que após quase dois anos de pausa nos espetáculos ao vivo, regressa à sua cidade para festejar 35 anos de carreira, dia 20, nos Aliados.

Neste concerto gratuito, o "pai do rock português" irá também assinalar outra data: os 25 anos do lançamento do seu quinto álbum de estúdio, Mingos & Os Samurais. Lançado em 1990, o disco vendeu mais de 200 mil exemplares e esteve durante 24 semanas no primeiro lugar do top de vendas em Portugal.

           

Do álbum, galardoado com sete discos de platina, fazem parte temas como "Paixão" e "Não há estrelas no céu", entre outros sucessos que serão revisados pelo cantor no próximo sábado, na principal sala de visitas da cidade.

           

Os Concertos na Avenida iniciam-se com os D.A.M.A (a 19 de junho) e seguem depois com as atuações de Rui Veloso, (a 20 de junho), dos Deolinda (a 21 de junho), António Zambujo (a 22) e José Cid (na noite de São João, de 23 para 24).

  

Foto da Semana

foto.jpg

 Caminhada da Ribeira de V.N. de Gaia a Lavadores/Casa Branca

publicado por IDADE MAIOR às 09:55

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


APOIO
LOGO PENELA
arquivos
mais sobre mim
ENTIDADE PROMOTORA
LOGO PT FUNDAÇÃO1
UNIVERSIDADE SÉNIOR DE PENELA
pesquisar
 
blogs SAPO